©
Deveria ser lei você acordar aqui comigo todo dia.
by Clarice Falcão. (via alentador)

(Source: poeta-destinado, via flores-de-abril)

Explicar as coisas que eu sinto, é quase como explicar as cores para um cego.
by Bob Marley.   (via cinzasdeanjo)

(Source: futura-esposa, via adocicaa)

‎Só quero que seja natural, simples, fácil e bom. Eu não quero poucos. Eu não quero muitos. Eu quero um. Um amor. Só um.
by Tati Bernardi.           (via promisse)

(Source: rasurar, via confessar)

Eu quero o diferente. Cansei de pessoas iguais, sonhos iguais, modas iguais, conversas iguais.
by Caio Fernando Abreu.    (via desembarcou)

(Source: retificado, via confessar)

Dá vontade de amar. De amar de um jeito “certo”, que a gente não tem a menor ideia de qual poderia ser, se é que existe um.
by Caio Fernando Abreu (via capitule)

(Source: rotaliza-r, via capitule)

Primeiro tira as fraldas. Depois pode falar de amor. Desculpa, é que acho que pra amar de verdade é preciso ter MUITA maturidade emocional.
by Clarissa Corrêa  (via capitule)

(Source: puro-acaso, via capitule)

Odeio a parte de mim que perdoa o que é imperdoável.
by Tati Bernardi (via capitule)

(Source: recitarpoesias, via capitule)

Acho que aquela teoria de que a gente deve mudar o foco da vida de vez em quando é verdadeira. Não adianta bater sempre na mesma tecla, quebrar a cabeça sempre com os mesmos problemas, provar pela milésima vez uma comida ruim. O que não é, simplesmente não é. Por mais que a gente se esforce pra fazer com que seja, não adianta. Perseverança é um ato bonito, mas persistência sem perspectiva é burrice. Perder tempo é perder inúmeras oportunidades, histórias e momentos. E ainda tem quem perde a própria vida cuidando de outras vidas que não lhe diz respeito. Nunca entendi a alegria alheia em ver a derrota do outro. Nunca compreendi o que tem de tão interessante no umbigo do próximo. Tem gente que além de perder tempo, perde o senso. E não muda de foco nunca! Se você olha pra uma árvore de frutos podres por muito tempo, se torna incapaz de perceber a floresta de frutos maduros que existe a sua volta. Não adianta cruzar os braços e dizer que quer. Querer é simples. Complicado é descruzar os braços e fazer acontecer. É mudar os planos, voltar atrás, ir por outro caminho, sair da rota, largar a bússola do mundo e abrir mão do cômodo. Há coisas, e principalmente pessoas, que não merecem ser focadas. Por outro lado, existe tanta coisa bonita nesse mundo pra ser vista, pra ser lida, pra ser compreendida. Chega de olhar pro lado feio, obscuro e monótono da vida. A regra é expelir os sentimentos ruins e lutar pelas causas que nos tornem completos.
by Capitule (via capitule)

(via capitule)

Se eu pudesse definir minha revolta diria que meus dedos, constantemente, coçam de vontade de dar um soco no mundo. Como se eu pudesse ficar tão grande que o mundo ficasse do tamanho de uma bola de basquete para que eu pudesse então soca-lo, sufoca-lo, fazê-lo implorar pela destruição e solta-lo. Quando foi que as coisas ficaram tão complicadas? E não digo somente dos desafios tantos que a vida nos impõe. E sim to fato indiscutível: quando crescemos nossos sentimentos crescem também. A gente aprende como se ama de verdade, mas nos assustamos mesmo descobrimos a força impactante e indestrutível do ódio. Viver é saber dosar sentimentos. Se não soubermos amar, morremos. Para poder morrer, deve-se no mínimo saber amar. Paciência é uma virtude. A solidão é fatal.
by Bárbara Matoso (via capitule)

(Source: procenio, via capitule)

As pessoas são solitárias porque constroem muros ao invés de pontes.
by O Pequeno Príncipe.   (via re-fugios)

(Source: decifrandoavida, via revira-o-avesso)

Uma necessidade absurda de ir para um lugar que eu nem imagino qual seja.
by Tati Bernardi (via procenio)

(Source: overgames, via revira-o-avesso)

Acorda e vai viver a tua vida, garota. Não corre atrás desse idiota não, você merece muito mais que isso.

(Source: propedeutico, via revira-o-avesso)

Faz falta ser a falta de alguém.
by Lucas Lucco.  (via poetaciumenta)

(Source: desalentou, via iam-in-wonderland)